no1
28/02/2018
Impeachment do prefeito de Santa Helena é protocolado na Câmara de Vereadores

Foi protocolado na Câmara de Vereadores de Santa Helena, na manhã desta terça-feira (27), um pedido deimpeachment, contra o prefeito do município, Airton Copatti, do PMDB.

São várias denúncias, seguidas do pedido de impedimento, feita pelo santa-helenense Rafael Rodrigo de Lima, secretário do Observatório Social de Santa Helena, neste ato representado pelo seu advogado, Dr. Celso G. Thaumaturgo.

Esse governo é marcado pelo desmando, pela falta de cuidado com o dinheiro público e com o povo de Santa Helena, por inúmeros atos de improbidade e pela covardia. Agora chega!”, afirmou Lima.

De acordo com Celso Thaumaturgo, as denúncias são robustas e bem embasadas “Usamos apenas duas denúncias para o pedido de impeachment, das dezenas que existem, pois acreditamos ser o suficiente para evidenciar o que vem acontecendo neste governo. Cabe agora aos vereadores analisarem e fazerem o que é certo”, disse Thaumaturgo.

O pedido, que tem mais de 100 páginas, é baseado em atos de improbidade, como o suposto pagamento de gratificações indevidas e nepotismo.

A aceitação ou não da denúncia e do pedido de impeachment deve ser votada na próxima sessão da câmara e precisa da maioria simples dos votos, ou seja, de 5 votos favoráveis. De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Vazatta, a Câmara irá conduzir o processo da maneira mais transparente possível, tudo em conformidade com a lei.

Uma vez acatada pela maioria dos vereadores, o rito do impeachment tem duração de 90 dias, momento em que os vereadores decidem se afastam ou não o prefeito.

Créditos: Correio do Lago

Compartilhe com seus amigos!

Veja as últimas notícias abaixo

PUBLICIDADE
no2
no9