26/09/2018
Polícia Civil prende responsável por casa de prostituição em Realeza

A Polícia Civil prendeu em flagrante delito na tarde de terça-feira (25) uma proprietária de casa de prostituição em Realeza. 

 Após denúncias recebidas pelo Conselho Tutelar e repassadas à Delegacia de Realeza, de que havia menores trabalhando em um estabelecimento em que ocorre exploração sexual, policiais civis realizaram fiscalização e encontraram uma adolescente de 17 anos no local. 

 

 Segundo a Delegada Taís Melo, a responsável pelo estabelecimento vai responder pelos crimes previstos nos artigo 229, manutenção de casa de prostituição, cuja pena varia de dois a cinco anos, e artigo 218-B, submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 anos, cuja pena varia de quatro a 10 anos, todos do Código Penal. 

 A adolescente foi entregue ao Conselho Tutelar para as providências cabíveis. O caso segue em segredo de justiça devido o envolvimento de menor de 18 anos. 

Créditos: Jornalismo Rádio Clube

Compartilhe com seus amigos!

Veja as últimas notícias abaixo

PUBLICIDADE
no2
no9