no1
15/08/2019
Sintomas e tratamento do nervo ciático inflamado

Para curar o nervo ciático inflamado deve-se realizar o tratamento indicado pelo ortopedista ou pelo fisioterapeuta, com remédios, exercícios, e por vezes, fisioterapia.

O nervo ciático é o maior nervo do corpo humano, sendo formado por várias raízes nervosas que vem da coluna vertebral. O nervo ciático se inicia no final da coluna, passando pelos glúteos e parte posterior da coxa, e quando chega no joelho ele se divide entre nervo tibial e fibular comum, e chega até os pés. E é nesse trajeto todo que ele pode causar dor com sensação de formigamento, pontadas ou choque elétrico.

 

 

Quando existe compressão ou inflamação deste nervo, surge a dor ciática que causa sintomas como dor intensa no fundo das costas, glúteo ou pernas, dificuldade em manter a coluna ereta e dor ao andar. Nestes casos é importante procurar um médico ortopedista ou fisioterapeuta para que ele possa orientar o tratamento adequado. 

 

 

Sintomas de Nervo Ciático Inflamado

Se acha que pode estar com uma inflamação do nervo ciático, selecione os seus sintomas e saiba quais as suas chances:

 

  1. 1. Dor em formigamento, dormência ou choque na coluna, glúteo, perna ou planta do pé.
    Sim
    Não
  2. 2. Sensação de queimação, fisgada ou perna cansada.
    Sim
    Não
  3. 3. Fraqueza numa ou nas duas pernas.
    Sim
    Não
  4. 4. Dor que piora ao ficar muito tempo parado.
    Sim
    Não
  5. 5. Dificuldade para caminhar ou ficar muito tempo na mesma posição.
    Sim
    Não

 

Muitas vezes estes sintomas estão associados a alterações na coluna, como hérnia de disco, espondilolistese ou mesmo artrose na coluna. Por esta razão, quando os primeiros sintomas surgem é muito importante consultar um médico ortopedista ou um fisioterapeuta, para que sejam realizados testes no consultório e sejam realizados exames de raio X da coluna para avaliar se esta possui alguma alteração que esteja comprimindo o nervo, dando origem aos sintomas.

Quando a pessoa apresenta outros sintomas como sensação de fisgada, queimação, e sensação de pernas cansadas e pesadas, isto não tem relação com o nervo ciático, mas são características da síndrome dolorosa miofascial, que muitas vezes é confundida com alterações do nervo ciático. Saiba como identificar e tratar esta síndrome.

Como saber se é dor ciática

O diagnóstico da dor ciática pode ser feito pelo médico ortopedista ou pelo fisioterapeuta com base nos sinais e sintomas apresentados. O teste que consiste em comprovar a alteração do nervo ciático pode ser feito no consultório é: ficar deitado de barriga para cima e levantar a perna esticada da maca, se houver dor ou sensação de formigamento, o teste indica compressão ciática. Se houver dor na outra perna, isso indica grave alteração da coluna, como uma hérnia de disco extrusa, por exemplo.

Os exames de imagem como raio X e ressonância magnética podem ser úteis para avaliar a coluna, ajudando a identificar o que está comprimindo o nervo. Caso a coluna apresente-se saudável e sem alterações, a causa da dor ciática deve ser somente muscular ou da fáscia, e o tratamento é relativamente mais simples.

Quando há suspeita de que o nervo esteja mesmo danificado, o que raramente acontece, somente em caso de acidentes graves, pode ser necessário fazer uma eletroneuromiograma, que é um exame que avalia o funcionamento do próprio nervo.

Tratamentos para nervo ciático

 

 

O tratamento para nervo ciático dolorido ou inflamado pode ser feito com uso de remédios analgésicos, anti-inflamatórios em forma de comprimidos, pomadas, uso de bolsas de calor e fisioterapia com exercícios específicos. As opções são:

1. Remédios

Os remédios indicados para combater a dor ciática podem ser o Paracetamol, Ibuprofeno, ou os mais fortes, derivados da morfina como o Tramadol,  mas um relaxante muscular e o Diazepan também podem ser indicados pelo ortopedista. Mas uma forma mais natural de combater a dor é tomar o complexo de vitamina B, já que esta melhora a saúde dos nervos do corpo.

2. Massagem

A massagem com creme hidratante ou óleos essenciais é uma das melhores opções de tratamento caseiro para nervo ciático inflamado porque serve para aliviar a dor e melhorar a movimentação, porque relaxam os músculos das costas, pernas e glúteos, diminuindo assim a compressão do nervo, mas preferencialmente devem ser realizadas por um massagista ou fisioterapeuta e não exclui a necessidade de tratamento na clínica.

3. Exercícios 

O repouso piora a dor, assim como ficar muito tempo na mesma posição e por isso os exercícios leves são bem-vindos. Inicialmente são mais recomendados os alongamentos que podem ser feitos com a pessoa deitada de barriga para cima e abraçando as pernas, por exemplo.

Quando a dor diminuir de intensidade, após a primeira semana de fisioterapia podem ser realizados exercícios de fortalecimento muscular, como: deitar de barriga para cima, fletir os joelho e apertar uma almofada entre as pernas e para trabalhar as costas e coluna, deitar de barriga para cima, fletir os joelhos e levantar o quadril e o bumbum da maca. Estes exercícios de Pilates Clínico são excelentes opções para curar a dor ciática porque fortalecem o abdômen e a coluna. Fortalecer o abdômen é um ótimo truque para proteger a coluna.

Créditos: Tua Saúde - Marcelle Pinheiro-Fisioterapeuta

Compartilhe com seus amigos!
PUBLICIDADE
no2
no9
PUBLICIDADE
no3