no1
03/04/2020
Professores municipais de Capitão que tem horas suplementares podem ter contratos suspensos

Uma reunião bastante acalorada aconteceu na tarde de quinta-feira (02) na Assemcap – entre professores da rede municipal, secretaria de educação e o departamento Jurídico do município de Capitão Leônidas Marques.

O município quer suspender nesse período de pandemia o valor pago à esses professores que possuem horas suplementares – ou seja – contratos temporários. A maioria tem 20 horas através de concurso e segundo a Secretária de Educação Zizela Dallabrida cerca de 32 professores tem horas suplementares no município. Estas horas a partir deste mês não seriam mais pagas – tendo em vista que não há a presença de alunos em sala de aula e de acordo com a Lei é necessário suspender estes contratos. A suspensão também vale para os estagiários e os PSS – Processo Seletivo Simplificado.

 

 

De acordo com Zizela quando este estado de pandemia se findar - os contratos voltam normalmente, pois os professores teriam que repor essas horas.

A Professora Fernanda Melli Sott falou a respeito desta reunião e segundo ela, os professores querem a elaboração de um plano antes que haja o corte. Alem disso, os professores sugeriram que seja feito um trabalho online para os alunos.

Zizela falou sobre esta proposta das aulas on-line na rede municipal colocada pelos professores presentes na reunião.

 

Créditos: Interativa FM 104,9

Compartilhe com seus amigos!
PUBLICIDADE
no2
no9
PUBLICIDADE
no3