no1
Atualizado em 05/06/2020
População de Realeza e região deve ficar em alerta sobre "golpe do aluguel" aplicado via WhatsApp

A população de Realeza e região deve ficar atenta, pois golpes que são aplicados via celular ou até mesmo por mensagens em aplicativos de conversa como whatsApp, estão sendo aplicados. 

Os criminosos utilizam uma suposta cobrança de aluguel, através de mensagens. São utilizados diversos números, com DDD 46 por exemplo. Na mensagem enviada, o golpista, pede se é possível acertar o valor do alguel, e depois pede desculpas por ter mudado de número, um crime já conhecido pela polícia, mas que faz muitas vítimas.

Um estelionatário tentou aplicar o golpe, na manhã desta sexta-feira (05), em uma moradora do município de Realeza. Em entrevista com A Voz de Realeza, a moradora, conta que recebeu as mensagens, e por pouco não caiu no golpe, pois percebeu a tempo, de que se tratava de um ato criminoso.

 

 

 

"Primeira coisa que percebi na conversa foi quando eu recebi a mensagem me pedindo se eu poderia passar o dinheiro, imediatamente eu perguntei sobre qual dinheiro ele(a) estava se referindo e com quem eu estava falando. Antes que me respondesse, visualizei a foto do perfil e busquei alguma identificação, como o nome, por exemplo, e não reconheci o contato."eu visualizei a foto do perfil, e não existia a foto de nenhuma pessoa, muito menos, o nome de identificação", disse.

 

Conforme o relato, a moradora ficou tranquila com relação a pagamentos pois a mesma não teria nenhuma dívida em aberto.

"Eu fiquei aguardando uma resposta. Insisti pedindo quem era. Nesse intervalo eu estava tranquila. Como não obtive retorno, desconfiei que se tratava de um golpe", ressaltou.

O golpista percebeu da desconfiança e não mandou mais mensagens. 

"Eu resolvi expor esta situação para alertar, pois da mesma forma que recebi essas mensagens outras pessoas também devem receber. Eu não tinha nenhum aluguel para efetuar pagamento, porém pode ser que alguém se identifique com as mensagens e deposite algum valor, caindo no golpe", ressaltou.


Para a Polícia Militar, é sempre necessário desconfiar, como os demais golpes aplicados no Brasil, os fraudadores costumam ser bastante convincentes e insistentes, tentando garantir o crime. 

"A orientação é que as pessoas fiquem bastante atentas, e tomem bastante cuidado com mensagens que solicitam depósitos em dinheiro ou transferência, principalmente de números desconhecidos. É importante ressaltar que algumas medidas são primordiais para não cair nessas fraudes, ou sofrer prejuízos fornecendo dinheiro a esses golpistas", orientou o Comandante da Polícia Militar, o 3º Sargento Sandro Wachelenski.

Denúncias poderão serem feitas via 190 (Polícia Militar), ou 197 (Polícia Civil).

Créditos: Carine Flores-Redação A Voz de Realeza -(Foto: Reprodução)

Compartilhe com seus amigos!

Veja as últimas notícias abaixo

PUBLICIDADE
no2
no9