no1
Atualizado em 23/10/2020
Família de Realeza agradece a todos que não mediram esforços nas buscas por familiar desaparecido

Nos últimos dias, familiares do morador Hélio Luiz Crestani de 65 anos, residente de Realeza, realizaram uma grande mobilização para tentar encontrá-lo. Conforme já noticiado, o morador do Bairro Casaca estava desaparecido desde a última quinta-feira (15), quando saiu de casa e não retornou mais.

Moradores juntamente com a família se uniram nas buscas.

 

 

Informações Atualizadas

Na tarde desta quarta-feira (21), após seis dias de buscas, infelizmente o corpo do morador foi encontrado na gruta Nossa Senhora de Lourdes. Conforme a família, quem teria encontrado o corpo foi o filho e dois sobrinhos.

Diante da situação, a família acionou a Polícia Militar, que posteriormente realizou o isolamento e acionamento do Instituto Médico Legal (IML), e a Polícia Criminal.

A identidade não pode ser confirmada no local, sendo necessário o encaminhamento do corpo ao IML de Francisco Beltrão.

Confirmação da família

Nesta quinta-feira (22), tivemos a confirmação por parte de um familiar, de que o corpo encontrado era do senhor Hélio que estava desaparecido, mas que só será confirmado pelo o IML de forma Oficial, após um exame de DNA. A causa da morte não foi divulgada.

Após o reconhecimento por parte da família, foi realizado o sepultamento do corpo no Cemitério Municipal de Realeza.

De acordo com o familiar que atendeu nosso jornalismo, a família reconheceu o corpo através das características, e a roupa que o idoso usava no dia em que desapareceu.

Agradecimento

"Em nome de toda a família, quero agradecer a todos os envolvidos nas buscas. Aos populares e a própria família que buscou de forma incansável encontrar o meu tio, que infelizmente estava sem vida. Queremos agradecer pelo trabalho de divulgação das rádios, jornais e sites que noticiaram o desaparecimento. Um agradecimento também à Ana do IML e a Defesa Civil pela retirada do corpo e pelo apoio à família, e pela Polícia Militar que acompanhou desde o início o caso até o desfecho da ocorrência. Meu tio deixará uma imensa saudade", relatou o sobrinho Marcos Antônio Crestani de Matos.

Seu Hélio Luiz Crestani era um pioneiro do município, onde residiu por mais de 30 anos.

 

À família enlutada nossos sentimentos. Que Deus conforte os corações neste momento tão difícil.

Créditos: Carine Flores- Redação A Voz de Realeza- (Foto: Reprodução)

Compartilhe com seus amigos!

Veja as últimas notícias abaixo

PUBLICIDADE
no2
no9