no1
30/04/2021
Mãe instala câmera de segurança e flagra babá agredindo criança de 1 ano e 4 meses

Uma mulher procurou a Polícia Militar de Lindoeste no final da tarde de quarta-feira (28), afirmando que sua filha de apenas 1 ano e 4 meses sofreu agressões de sua babá.

Segundo a mãe a babá de 25 anos prestava serviços cuidando de sua filha desde o mês de Fevereiro, e alguns dias notou que a criança apresentava um comportamento sempre chorando quando era deixada com a funcionaria.

Por esse motivo decidiu ativar uma câmera de monitoramento em sua residência para acompanhar como a filha estava sendo tratada pela babá.

Um amigo da família instalou o equipamento e logo pela manhã acompanhou a filmagem em tempo real, através de seu celular e notou diversas agressões contra a criança praticados pela babá.

 

 

Ao saber da noticia a mãe foi buscar sua filha e informou a babá que iria levar a criança para tomar vacina afim de não levantar suspeitas que a funcionaria estava sendo monitorada, pois as imagens não haviam sido gravadas.

Logo após o almoço o amigo da família começou a gravar as imagens da babá. Em um determinado momento a mãe foi avisada que as agressões haviam começado novamente e as imagens dessa vez foram gravadas.

A mãe foi até a residência e dispensou a funcionaria antes do horário combinado e na sequencia, pediu ajuda ao Conselho Tutelar que orientou ela procurar a polícia.

No destacamento da Polícia Militar a mulher mostrou as imagens e as lesões eram visíveis na região do tronco e abdome da sua filha.

De imediato os militares foram até a casa da babá que recebeu voz de prisão. Ao ser perguntada sobre os fatos a jovem disse que começou agredir a criança a cerca de uma semana e que nessa quarta-feira agrediu a menor em diversos momentos, pois se irritava com o choro da criança, confessando que algumas vezes bateu na própria filha de dois anos.

Ambas as envolvidas na situação foram levadas a 15ª Subdivisão Policial de Cascavel para os procedimentos cabíveis.

Segundo informações do comando da Polícia Militar de Lindoeste a babá apenas assinou o termo circunstanciado e foi liberada. Um inquérito policial deverá ser instaurado para apurar os fatos.

Créditos: Linda FM Foto: Reprodução internet

Compartilhe com seus amigos!

Veja as últimas notícias abaixo

PUBLICIDADE
no2
no9